a minha flip

arquivo: FLIP 2010

histórias da katherine

texto escrito em agosto/2010 e publicado no jornal A Notícia, de Joinville (SC).

Primeiro livro na mão, toda prosa, lá fui eu para minha estreia anônima na gigantesca Festa Literária Internacional de Paraty, a Flip.

Levei vinte e dois exemplares de “notas mínimas” (Solisluna), cada qual com suas 128 páginas de microcontos, e mais algo de novo e tenso na expectativa de ver todos aqueles exemplares comprados, admirados, lidos e comentados nos intervalos entre o must da programação.

Claro – meu livro era apenas um detalhe de nada no meio de todos aqueles momentos festivos e libertários em que o grande público ovacionava Isabel Allende ou incensava o personagem real Robert Crumb; ou a porção mais contracultural da plateia comentava, perplexa, a semelhança entre Gilbert Shelton e seus freak brothers, especialmente Fat Fredy.

Tive sorte: entre os milhares de visitantes, leitores compulsivos, criadores excêntricos e criaturas de Macondo, houve exatos…

Ver o post original 1.163 mais palavras

Anúncios

Autor: katherinefunke

http://twitter.com/micronotas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s