foi muito lindo, enfim



no desenho, ilustração de Enéas Guerra para o livro


FAROL DA BARRA, 23 de novembro, lua cheia com 94% do disco iluminado, Júpiter (quase) no zênite. O lançamento baiano de “notas mínimas” foi muito lindo, enfim.

Agradeço a todos os que vieram, à equipe da Solisluna Editora, ao apoio do Museu Náutico da Bahia/Farol da Barra, à Cida do Acarajé, a Marcia Mazur pela articulação com os barmen, aos que colaboraram com a festa, a Kin Guerra, a Vicente Sampaio, a Gerald Campos…

… e, no sarau, teve Tuzé de Abreu na flauta, Luís Daltro e Vanessa Saney no blues e nas leituras, e as performances de leitura: Rodrigo Sombra, Kátia Borges, Karina Rabinovitz, Alice Mazur, Regina de Sá, Zédejesusbarreto, Cacá, Maria Clara, Bel, Marília, Débora Knittel, Enéas Guerra. Tudo isso com o som do Pedro Filho Amorim.

…e também ao som do Pedro Filho aconteceu a dança de Paula Carneiro Dias, que interpretou um improviso sobre “notas mínimas”, com mel, estrelas, luz, psicodelia…

…e veio tanta gente querida, e gente que eu nem conhecia!

…e: depois virão as fotos. E depois vem mais livros. E mais Solisluna. E mais Sol. E mais Lua, lua cheia de poesia e de amizade, carinhos de todos os abraços que não vou esquecer jamais.

… enquanto isso: vejam o que Andrea May & Junix fizeram com o conto “no que for”: virou um track do seu projeto Luvebox FX.

Anúncios

Autor: katherinefunke

http://twitter.com/micronotas

Uma consideração sobre “foi muito lindo, enfim”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s