oficina de edição de fanzine

s2.png

Nestas oficinas, vamos fazer fanzines: publicações que você mesmo edita, com material que você mesmo produziu, colagens, reproduções, fotos, embalagens, selos, adesivos, fitas, carimbos, vale tudo!

O participante deve trazer recortes de jornais, revistas, fotos ou outras recordações do tema do seu fanzine. É legal imprimir ou copiar textos e imagens que queiram colocar na publicação antes da oficina, e aproveitar o momento para editar, recortar, colar e se divertir. Se puder, também deve trazer tesoura, lápis e materiais para enriquecer o visual do zine.

Vamos fornecer papéis, revistas, canetinhas e canetas, cola e tesouras de picote… além de um panorama do fanzine, suas origens, formas clássicas, formas originais e problemas atuais.

Apenas 15 vagas por turma.
Ministrante: Katherine Funke .
Investimento: R$ 25 por encontro.

Inscrições aqui 

Vamos agendar uma mostra dos zines produzidos nas oficinas em data a ser divulgada em breve.

 

oficinas literárias no Barba Ruiva (SC)

agosto

em Joinville (SC), uma parceria bonita da livraria Barba Ruiva, do Salvador Vegan Café e eu, Katherine.

teremos oficinas de:
– fanzine
– criação literária
– estudo de livros para os vestibulares da UFSC, Udesc e Acafe

num ambiente onde o som de vinil e os aromas de café e outras delícias tornam a vida mais gostosa!
saiba mais: http://oficinasnobarba.tumblr.com

Sonhos tatuados em pele de concreto – resenha de Sérgio Tavares, do blog A Nova Crítica, para “Compra-se sonho”

De todas as porções de delicadeza que constituem Compra-se sonho, de Katherine Funke, há uma secreta, que deveria caber unicamente ao resenhista e à escritora, mas que tomo a liberdade de torná-la … [continua]

Leia a resenha completa: Sonhos tatuados em pele de concreto

Lucida Sans [trecho]

um melancólico, quando vê um dia rosa e claro,
escuta a consciência de um jeito tão absurdo e raro
que faz versos quase simbolistas, musicais e alucinados…

“onde os tons de rosa… os tons de rosa… ”
rosa, agora rosa, agora rosa, agora rosa, agora
é tão raro o rosa aqui
que leva ao blues,

atravessado, travessia,
ela sabe desse azul e mesmo assim

chega tarde ou cedo demais

no melhor e pior dia de sua vida

todo este céu rosa,
e nenhum agora possível

trecho de Lucida Sans

#30 dias pela Barca dos Livros! — A melhor biblioteca comunitária do Brasil

30 dias para mobilizarmos recursos e honrar o pagamento da dívida acumulada de aluguel (desde maio de 2015, a prefeitura não renovou convênio com a Barca). Contribua com nosso crowdfunding e compartilhe com os amigos esta notícia: com o maior acervo infanto-juvenil de Santa Catarina, tendo atendido mais de 150 mil pessoas e realizado mais […]

via #30 dias pela Barca dos Livros! — A melhor biblioteca comunitária do Brasil

radioarte::: sexta, 3/6, na Ocupação Coaty

tumblr_o82ik4SvfL1v6ziuxo1_1280

CONVITE / / / evento de performance multimídia em que, sob curadoria de Edbras Brasil, participam vozes, músicas e imagens de alguns artistas, entre eles Laura Castro, João Meirelles, Katherine Funke e MAURICIO TAKARA (SP).

Na radioarte, Katherine Funke lê trechos do conto Compra-se sonho (editora Músculo). O livro é uma das obras integrantes da Ocupação Coaty, ocupação artística que também abriga a performance Low-Fi .

Sexta (03/06) | 17h
RADIOARTE – E:dB, João Meirelles, Laura Castro e Katherine Funke.
MAURICIO TAKARA (SP) + videomapping de Caetano Britto

Sábado (04/06) | 17h
LOOPING: BAHIA OVERDUB
OPERAZUADA: Washington Drummond e Colégio de Orfãos.

Tudo isso com acesso livre,
a partir das 17h,
na “Ocupação Coaty”.
Ladeira da Misericórdia,
atrás da prefeitura. Salvador, BA.

+ info: https://www.facebook.com/events/716730555135092/‪